TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

21/03/201617

PABLO PINEDA, ATOR, PEDAGOGO E COM SÍNDROME DE DOWN



Ator e pedagogo com síndrome de Down relata rotina de preconceito e superação

Pablo Pineda tornou-se uma celebridade na Espanha. 

Não só por ser o primeiro portador de síndrome de Down que obteve um diploma universitário na Europa, como também por atuar como protagonista do filme "Yo, También", de 2009, que narra a história de um agente social com a síndrome que se apaixona por uma colega de trabalho.

Aos 37 anos, ele tem licenciatura em Pedagogia e falta pouco para conseguir o segundo diploma universitário, também em um curso de magistério. 
Seu próximo projeto agora? 
Conseguir uma carteira de motorista.

21/03/2017

EMMANUEL, COM SÍNDROME DE DOWN QUE TOCA VIOLINO E FALA 4 LÍNGUAS

A história de um jovem de 16 anos está impressionando milhares de pessoas nas redes sociais no mundo inteiro.
Trata-se de Emmanuel Joseph Bishop, um adolescente com Síndrome de Down que toca violino e fala 4 línguas: inglês, espanhol, francês e o latim.
Educado na casa dos pais, que nunca duvidaram das suas capacidades físicas e cognitivas, Emmanuel aprendeu muito cedo a ler e descobriu a sonoridade do violino com apenas 6 anos.

Lutando contra preconceitos e estigmas, o jovem mostra que não deve nada a muitos jovens da idade dele.
Para provar que ter Down não o impede de ser tão bom – ou melhor - que os outros, Emmanuel tem participado de conferências pelos quatro cantos do mundo.
Nelas, ele conta sua experiência de vida e os seus interesses por esporte e música.
Iniciativa que inspira crianças que também nasceram com a síndrome.

Mesmo com todas essas provas de talento e sensibilidade de Emmanuel e outras pessoas que nascem com Down, vários países ainda têm leis que permitem o aborto de bebês que nascem com a síndrome.
No vídeo o jovem Emmanuel toca violino com a Antalya State Symphony Orchestra.
Com informações do Boas Notícias.

DIA INTERNACIONAL DA SINDROME DE DOWN


Dia Internacional da Síndrome de Down

Em 2006, a associação Down Syndrome International instituiu o dia 21 de março como o Dia Internacional da Síndrome de Down. 

A data foi escolhida por ser grafada como 21/3, que faz alusão à trissomia do cromossomo 21.





A Síndrome de Down é definida por uma alteração genética caracterizada pela presença de um terceiro cromossomo de número 21, o que também é chamado de trissomia do 21.
Trata-se de uma deficiência caracterizada pelo funcionamento intelectual inferior à média, que se manifesta antes dos 18 anos. Além do déficit cognitivo e da dificuldade de comunicação, a pessoa com Síndrome de Down apresenta redução do tônus muscular, cientificamente chamada de hipotonia. Também são comuns problemas na coluna, na tireoide, nos olhos e no aparelho digestivo.
Muitas vezes, a criança com essa deficiência nasce com anomalias cardíacas, solucionáveis com cirurgias.
A origem da Síndrome de Down é de difícil identificação e engloba fatores genéticos e ambientais.
As causas são inúmeras e complexas, envolvendo fatores pré, peri e pós-natais.


atriz mirim Joana Mocarzel,   Síndrome de Down,
que interpretou a Clarinha na novela "Páginas da Vida"



VEJA TAMBÉM SOBRE O FILME O OITAVO DIA 


NÃO PERCA A ENTREVISTA COM FERNANDA HONORATTO

.




20/03/2017

NÃO TENHA MEDO

DO SITE RAZÕES PARA ACREDITAR

Vídeo feito por portadores de Síndrome de Down procura acalmar as futuras mães de crianças com a mesma síndrome que eles.

Uma mãe enviou um e-mail para uma organização de apoio à Síndrome de Down, a CoorDown, pois havia descoberto que seu filho tem a síndrome e ficou com medo em relação ao seu futuro. “Que tipo de vida meu filho vai ter?”

A Saatchi & Saatchi italiana resolveu então fazer um vídeo, que também celebra o Dia Mundial da Síndrome de Down, dia 21 de março, no vídeo vemos 15 portadores da síndrome para responder à pergunta da mãe, mostrando que os desafios, alegrias e aprendizados vão acontecer, independente do filho ser Down ou não. 

Afinal, são todos humanos incompletos. Vejam (ativem a legenda em português, se necessário):

O CONTADOR DE HISTÓRIAS


'O Contador de Histórias', filme de Luiz Villaça baseado na vida do mineiro Roberto Carlos Ramos, é a história de como o afeto pode transformar a realidade.

Caçula entre dez irmãos, Roberto desde cedo demonstra um talento especial para contar histórias, transformando, com a narrativa, suas próprias experiências de frustração em fábulas cativantes.

Aos 6 anos, o menino cheio de imaginação é deixado pela mãe em uma entidade assistencial recém criada pelo governo. Ela acredita estar, assim, garantindo um futuro melhor para seu filho.

A realidade na instituição é diferente do que se promovia pela propaganda na TV e Roberto, aos poucos, perde a esperança. Aos treze anos, após incontáveis fugas, ele é classificado como irrecuperável, nas palavras da diretora da entidade.

Contudo, para a pedagoga francesa Margherit Duvas (Maria de Medeiros), que vem ao Brasil para o desenvolvimento de uma pesquisa, Roberto representa um desafio Determinada a fazer do menino o objeto de seu estudo, tenta se aproximar dele. O garoto em princípio reluta, mas, depois de uma experiência traumática, procura abrigo na casa de Margherit.

O que surge entre os dois é uma relação de amizade e ternura, que porá em xeque a descrença de Roberto em seu futuro e desafiará Margherit a manter suas convicções.

'O Contador de Histórias' foi rodado em Belo Horizonte, São Paulo, Paulinia e Portugal. A atriz franco -portuguesa Maria de Medeiros ('Pulp Fiction', 'Henry & June', 'Capitães de Abril') interpreta Margherit. Roberto Carlos é interpretado pelos atores Marco Ribeiro (6 anos), Paulinho Mendes (13 anos) e Clayton Santos (20 anos). Denise Fraga assina a produção com Francisco Ramalho

Infelizmente o filme não faz jus ao livro, como sempre.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO