TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

31/10/2008

LIN HAO - PEQUENO E GRANDE HERÓI


Há três meses, Lin Hao foi o maior herói do terremoto de Sichuan: salvou um amigo dos escombros e, quando carregava o segundo nas costas, foi atingido na cabeça. O menino não aceitou ser socorrido até ver o resgate da irmã e caminhar por sete horas ao encontro dos pais.

Como se não bastasse, nas duas horas que passou soterrado, Lin Hao incentivou os colegas de classe a cantar, para que os bombeiros pudessem ouvir.
Poucas vezes uma canção mereceu tantos aplausos.

Hoje, Lin Hão é o convidado de honra em muitos programas de TV, sendo o menino mais querido por 1,3 bilhão de chineses. Mostra um espírito de liderança admirável e tem uma simpatia cativante.
Lin Hao tem uma visível cicatriz na cabeça; uma marca daquilo que lhe aconteceu e de seus feitos preciosos

Foi um dos momentos mais emocionantes da cerimônia.

Duzentas e três delegações, inclusive a do Brasil, já haviam desfilado pela pista do Ninho de Pássaro quando entrou a última, do país-anfitrião, a China. Sob os aplausos da multidão, surgiu o gigantesco jogador de basquete Yao Ming, um dos maiores ídolos do esporte chinês de mãos dadas com um herói de pouco mais de um metro de altura.

Lin Hao, nove anos, o garotinho é um sobrevivente do devastador terremoto de 12 de maio na província chinesa de Sichuan, que deixou um saldo de pelo menos 69 mil mortos e 18 mil desaparecidos, além de 374 mil feridos.
Aluno da segunda série, ele estava no corredor de seu colégio quando as paredes desabaram ao seu redor
. Corajoso, incentivou os coleguinhas presos nos escombros junto com ele a cantarem para espantar o medo.
Depois, conseguiu escapar dos destroços, escalando a pilha de pedras – e arrastando com ele outras duas crianças.

Após deixar os colegas em segurança, o herói mirim ainda retornou à escola desabada para tentar salvar mais amigos.
Acabou ficando retido novamente nos escombros – e desta vez foi resgatado por um adulto.
A maioria dos estudantes não teve tanta sorte.
Dos 31 alunos da classe do menino, apenas 10 escaparam com vida da tragédia.
Ontem, a façanha de Lin Hao era visível na sua própria cabeça, onde um ferimento mal começava a ser coberto pelo cabelo. Entrevistado, o garoto explicou de forma singela o ato de heroísmo: como monitor, não podia ficar sem fazer nada enquanto via os colegas correrem risco de vida.

Lin Hao foi o mais jovem herói do terremoto de maio – e virou símbolo de um país extremamente orgulhoso de suas tradições e de sua gente.
Sua presença na cerimônia de ontem, abanando duas bandeirinhas, ajuda a entender o que é o nacionalismo do gigante asiático.

3 comentários:

  1. Anônimo25/11/12

    Quem é de fato o GIGANTE nesse emocionante encontro.

    ResponderExcluir
  2. Antigo porem inspirador e sensacional

    ResponderExcluir

SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO