TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

29/05/2011

WILLIAM SHAKESPEARE - SONNET 18

Devo comparar-te a um dia de verão?
Tu és a mais adorável e a mais amena:
Os fortes ventos de Maio movimentam os brotos,
E o prazo do verão é sempre inconsolável.

Em um momento intenso, brilha o olho estelar,
E, freqüentemente se ofusca a luz de seu semblante,
Nefasto, o encanto da beleza irá renunciar,
Porventura ou pelo destino inconstante;

Mas teu verão é eterno e jamais morrerá,
Não hás de perder o encanto que possuis;
E pela sombra da Morte tu não vagarás,

Pois em versos eternos, tu e o tempo sois iguais:
Enquanto os homens respirarem e os olhos enxergarem, meu amor, tu terás.
Viva este canto, dar-te a vida é o seu dever.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO