TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

21/06/2010

COPA DO MUNDO X ÉTICA


A copa do mundo está demostrando ser um meio ótimo para debater a ética.
Num mundo que cada vez mais reclama a integridade, a honra, a honestidade, o equilíbrio.
Vemos todo tipo de mau exemplo, dentro e fora do campo de futebol.
Fica a questão.
Até que ponto vale conquistar uma partida e até onde se pode chegar, qual o limite ético para levantar a taça?
Neste domingo, no jogo do Brasil pudemos ver varias demonstrações torpes de conduta de pessoas que deveriam ser exemplo, principalmente às crianças e jovens, no entanto demonstraram uma selvageria, fingimento e palavrões.
Tudo com um único objetivo, vencer.
O futebol foi um exemplo triste de como se comporta um grupo que tem o objetivo vencer sem se preocupar que o mérito, a ética e a boa conduta não podem ser prescindido.
Quando um jogador deixa os cravos da chuteira para o adversário chutar e isso poderá provocar uma perna quebrada e o jogador faltoso tem consciência disso e o faz, percebe-se o comportamento selvagem que a competição pelo desejo de vencer leva as pessoas.
Quando um jogador finge ser atingido, simula ter sofrido uma falta, dando uma de “esperto”, na verdade está sendo um mau exemplo para um mundo inteiro.
Se isso faz parte do futebol, então o futebol é um grande erro na sociedade, pois o esporte deveria despertar o que há de mais nobre nas pessoas.
Se para conquistar um gol, é preciso quebrar as regras e usar os braços ou derrubar o adversário é preciso repensar esse esporte.
Se um técnico que deveria ser exemplo passa todo o tempo de entrevista xingando e ofendendo um repórter por ser um destemperado, esse esporte tem que ser repensado, ao menos com as crianças e jovens que adoram mais a algazarra, a festividade do gol.
Todos ligados a esse esporte ganham fábulas de dinheiro e pecam nas atitudes grotescas que qualquer pessoa em sã consciência se envergonharia de fazer, principalmente em público.
Essa copa é sem dúvida uma ótima matéria para se discutir com os jovens...
Até que ponto da ética, da moral, da civilidade pode-se ultrapassar para poder gritar campeão.

3 comentários:

  1. Você levanta um ponto realmente importante sobre ética. Muito mais sobre isso deveria ser discutido. Parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir
  2. faço minhas as suas palavras. no contexto do futebol, a ética e a moral sempre fica de lado, dando enfase a banalidade.

    ResponderExcluir

SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO