TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

08/03/2017

RESUMO HISTÓRICO DO SURGIMENTO DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Breve histórico do surgimento do Dia Internacional da Mulher

1691 - Estados Unidos -As mulheres votam no Estado do Massachussetts. Perdem este direito em 1789.

1788 - França -Condorcet, filósofo e homem político francês, reclama para as mulheres o direito à educação, à participação na vida política e ao acesso ao emprego.

1792 - Reino Unido -Mary Wollstpnecraft pioneira da ação feminista, publica uma vindicta das Mulheres.

1822 - Portugal - Primeira Constituição Liberal. Tanto esta Constituição como as seguintes afirmam. que a lei é igual para todos, sem referência especial às mulheres.

1840 - Estados Unidos - Lucrécia Mott lança as bases de Equal Rights Association pedindo a igualdade de direitos para as mulheres e para os negros.

1857 - Estados Unidos - No dia 8 de Março, em Nova Iorque, greve das operárias têxteis para obter a igualdade de salários e a redução das horas de trabalho, para 10 horas por dia.

1859 - Rússia - Aparecimento de um movimento feminino em St. Pctersburgo para a emancipação da mulher.

1862 - Suécia - As mulheres votam nas eleições municipais.

1865 - Alemanha - Louise Otto funda a Associação Geral das Mulheres AIemãs.

1866 - Reino Unido - John Stuart MIII, filósofo e economista inglês, reclama o direito de voto para as mulheres.

1868 - Reino Unido - Criação da Sociedade Nacional para o Sufrágio Feminino.

1869 - Estados Unidos - Nascimento da Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres. O estado de Wyoming concede o direito de voto às mulheres para atingir o número de eleitores necessário para entrar na União.

1870 - França e Suécia - As mulheres têm acesso aos estudos médicos.
- Turquia - Inauguração de uma Escola Normal destinada a formar professoras para as escolas prirnárias e secundárias para mulheres.

1874 - Japão - Abertura da primeira Escola Normal para mulheres.

1878 - Rússia - Abertura da primeira Universidade feminina em St. Petersburgo.

1882 - Estados Unidos - Susan B. Anthony funda o Conselho Nacional de Mulheres, tendo como patrono Victor Hugo; o célebre escritor era então um dos chefes do Partido Republicano.

1893 - Nova Zelândia - Concedido o direito de voto às mulheres.

1901 - França - O deputado socialista René Viviani, sustenta pela primeira vez um debate sobre o direito de voto das mulheres.

1909 - de acordo com a declaração do Partido Socialista Americano, o 1° Dia Nacional da Mulher, nos Estados Unidos, foi realizado no dia 28 de fevereiro. As mulheres continuaram celebrando o seu dia no último domingo do mês de fevereiro até 1913.

1910 - O encontro socialista internacional, realizado em Copenhagen, estabeleceu o Dia da Mulher, em caráter internacional, para homenagear o movimento pelos direitos da mulher e de voto. A proposta foi aceita por mais de 100 mulheres de 17 países presentes a conferência, inclusive as 3 primeiras mulheres eleitas para o Parlamento Finlandês. Não foi fixada nenhuma data específica.

1911 - Como resultado das decisões tomadas em Copenhagen no ano anterior, foi marcado pela primeira vez como Dia Internacional da Mulher, o dia 19 de março, na Austria, Dinamarca, Alemanha e Suiça, aonde mais de 1 milhão de mulheres e homens participaram de manifestações. Além do direito de voto e de participação pública, foi pleiteado o direito de trabalhar, de treinamento vocacional e do fim da discriminação no trabalho.

1913-1914 - Como parte das manifestações pela paz, às vésperas da Primeira Guerra Mundial, as mulheres Russas comemoraram o seu primeiro Dia Internacional da Mulher no último domingo de fevereiro de 1913. No restante da Europa, no próprio dia, ou por volta do dia 8 de março, as mulheres promoveram manifestações em protesto a guerra, bem como em solidariedade às suas irmãs.

1917 - Com 2 milhões de soldados russos mortos durante a guerra, as mulheres Russas novamente escolheram o último domingo de fevereiro para fazer greve por "pão e paz". Líderes políticos opuseram-se ao momento da greve, mas, as mulheres fizeram suas manifestações mesmo assim. O resto é história: 4 dias depois o Czar foi forçado a abdicar e o governo provisório garantiu às mulheres o direito ao voto. Aquele domingo histórico ocorreu no dia 23 de fevereiro do Calendário Juliano - em uso na Russia - mas, no dia 8 de março do Calendário Gregoriano em uso nos outros lugares.

(fonte: extraído de texto publicado pelo "United Nations Departmento of Public Information - DPI/1878-January 1997")

DIA INTERNACIONAL DA MULHER - PORQUÊ O DIA 8 DE MARÇO

Neste dia, do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher". De então para cá o movimento a favor da emancipação da mulher tem tomado forma, tanto no Brasil como no resto do mundo.

O QUE SE PRETENDE COM A CELEBRAÇÃO DESTE DIA

Pretende-se chamar a atenção para o papel e a dignidade da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da pessoa humana, para que todos e todas percebam o papel das mulheres na sociedade, contestem e revejam preconceitos e limitações que vêm infelizmente ainda sendo impostos à mulher.

10 comentários:

  1. Anônimo20/1/10

    Nice post and this enter helped me alot in my college assignement. Gratefulness you for your information.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo27/2/11

    A HISTORIA DA ORIGEM DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER É MUITO INTERESANTE , NA MINHA OPINIAO , AS MULHERES REALMENTE MERECIAM ESSA COMEMORAÇAO PELO TUDO O Q OCOREU NO PASSADO COM ELAS(A DISCRIMINAÇA0 , A DESVALORIZAÇAO E A UMILHAÇAO DELAS). ESPERO Q CONCARDEM COMIGO. BJS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo6/3/13

      Eu concordo...

      Excluir
  3. andreia3/3/11

    As mulheres tem que ser valorizada e ter muito respeito com elas.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10/3/11

    legal concordo

    ResponderExcluir
  5. Anônimo5/3/12

    meu nome é samuel tenho 10 anos e con cordo

    ResponderExcluir
  6. Anônimo10/3/12

    Eu concordo nos mulheres sofremos muito.

    ResponderExcluir
  7. nossa 130 mulheres mortas queimadas que horror

    ResponderExcluir
  8. As mulheres tem o msm direito que os homens pois temos garar e corremos tras dos nosso objetivos.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo9/3/13

    nossa que horror tiraram a vida dessas 130 mulheres so por ncausa de uma greve que elas fizeram para reivindicar o seus direitos.

    ResponderExcluir

SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO