TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

14/08/2008

AUTO ESTIMA

Os psicólogos americanos Mamie e Kenneth Clark fizeram esse teste acerca das raças em 1947.
Recentemente foi feita uma nova pesquisa nos EUA e o resultado não mudou muito.




Em psicologia, auto-estima inclui a avaliação subjetiva que uma pessoa faz de si mesma como sendo intrinsecamente positiva ou negativa em algum grau (Sedikides & Gregg, 2003).

A auto-estima envolve tanto crenças auto-significantes (por exemplo, "Eu sou competente/incompetente", "Eu sou benquisto/malquisto") e emoções auto-significantes associadas (por exemplo, triunfo/desespero, orgulho/vergonha).
Também encontra expressão no comportamento (por exemplo, assertividade/temeridade, confiança/cautela).
Em acréscimo, a auto-estima pode ser construída como uma característica permanente de personalidade (traço de auto-estima) ou como uma condição psicológica temporária (estado de auto-estima). Finalmente, a auto-estima pode ser específica de uma dimensão particular (por exemplo, "Acredito que sou um bom escritor e estou muito orgulhoso disso") ou de extensão global (por exemplo, "Acredito que sou uma boa pessoa, e sinto-me orgulhoso quanto a mim no geral").

De fins dos anos 1960 até o início dos anos 1990, foi assumido como questão de fato que a auto-estima de um estudante era um fator crítico nas qualificações obtidas na escola, em seus relacionamentos com os colegas e em seus sucessos posteriores na vida.
Sendo este o caso, muitos grupos norte-americanos criaram programas para incrementar a auto-estima dos estudantes, assumindo que as qualificações melhorariam, os conflitos decresceriam, e que isto levaria a um mundo mais feliz e bem-sucedido.
Até os anos 1990, pouca pesquisa revisada e controlada sobre esse tópico foi feita.

2 comentários:

  1. Como podemos incentivar a auto -estima de um estudante? No dia-a-dia? Penso eu que mostrando o que ele possui de positivo e não ressaltando a negatividade que ele possa trazer. O que mais posso fazer???????????? .... espero resposta

    Armel

    ResponderExcluir
  2. maroel5/11/08

    Acredito que todo professor é um educador e como tal, para elevar a auto estima do aluno, deve-se valorizar mais a pessoa do que os atos errados que ela cometeu.

    Maroel da Silva Bispo, acadêmico de Letras da FTC Ead, UP Feira de Santana

    ResponderExcluir

SUA OPINIÃO É MUITO IMPORTANTE.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO